Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nijikon

アジアの強迫観念 | 아시아 강박 관념

10
Ago18

CROSS ANGE: CINDERELA AO CONTRÁRIO!

著者 PUBLICADO POR Neurótika Webb

Angelise.Ikaruga.Misurugi.full.1853409.jpg

Ohayou! お早う!

 

Então vamos lá falar do Cross Ange: Tenshi to Ryuu no Rondo. Este anime é a prova que há Ecchi de boa qualidade, talvez porque não se foca no fan service, mas na história em si e no desenvolvimento das personagens, que é de facto notável. Muitas das vezes apenas as personagens principais têm character development, mas neste caso têm todas, e é fantástico ver no final da Season 2 que todas elas estão diferentes.

 

SINOPSE

Angelise é a princesa de um reino num futuro distante, em que os seres humanos evoluiram a um ponto em que usam Mana (magia). Existe no entanto uma anomalia genética que só afecta bebés do sexo feminino, que nascem sem a abilidade de usar Mana, e a essas chamam-lhes Normas. A princesa é uma das defensoras da política de segregação das Normas, que se acredita serem criaturas violentas.

Angelise viveu uma vida resguardada e está a dias de ser formalmente apresentada, numa cerimónia que consiste na activação (com Mana) de um Pilar. Na cerimónia descobre-se que afinal Angelise é de facto uma Norma, apesar de a sua família ter manipulado o Pilar, o seu irmão mais velho decide expôr a irmã.

Angelise é então distituída e enviada para uma ilha, uma espécie de centro militar/prisão, onde as Normas pilotam umas naves chamadas Paramails, e ondem defendem esta suposta sociedade perfeita contra a ameçada dos Dragões, seres de uma dimensão paralela.

À medida que a princesa se vai adaptando e integrando neste grupo, vai descobrir a verdade sobre este suposto mundo perfeito. 

 

(atenção spoilers)

Cross Ange é de facto uma história que me surpreendeu, não que não fosse carregada dos clichés do costume, mas porque a evolução da mesma faz sentido e, como já mencionei, tem um óptimo character development. Até as personagens MUITO secundárias, como a irmã mais nova de Angelise, que está numa cadeira de rodas devido a um acidente de equitação, no final da Season 2, descobre-se que afinal consegue andar e torna-se numa líder de um grupo de rebeldes.

Fiz literalmente um Binge Watch das duas temporadas, que vi em 2 dias. Vale mesmo a pena!

 

12
Jul18

DARLING IN THE FRANXX - O FINAL

著者 PUBLICADO POR Neurótika Webb

Darling.in.the.FranXX.full.2269131.png

 

Ohayou! お早う!

 

Esta série vai sem dúvida para aquela categoria dos meus animes favoritos!  Nota-se pelo layout do blog, não nota?

 

A melhor decisão que tomei foi parar de ver e esperar que a série acabasse de ser exibida, parei ali por volta do episódio 22, em que finalmente se percebe quem são os klakossauros e aparece um novo inimigo. Por essa altura até vídeos apareceram no Youtube a dizer mal deste plot twist. Mas se virmos o resto da série tudo faz sentido, especialmente a origem da Zero Two.

 

SINOPSE

Num futuro distante a humanidade está quase extinta devido a ataques de uns seres que vivem no subsolo, chamados Kalkossauros. Os seres humanos vivem numas mega-cidades chamadas plantações, e as crianças são são educadas para pilotar uns robôs de combate chamados FranXX, que são pilotadas por pares de um rapaz e uma rapariga. 

Hiro, um desses rapazes, creaceu para pilotar os FranXX, mas depois de ter falhado o teste de aptidão, refugia-se na floresta da plantação onde cresceu com as outras crianças. É então que conhece uma estranha rapariga, de cabelo cor-de-rosa e com cornos na cabeça, que tem o nome de código Zero Two (02 ou Zero Ni). Zero Two tem a reputação de matar os seus parceiros, mas para Hiro ela representa a última chance que ele tem de pilotar os FranXX.

 

Em suma, o final da série é um bocadinho bitter-sweet. Não é propriamente o final feliz que todos estávamos à espera, mas é um final muito emocional...confesso que me caíu uma lagrimita ou duas. 

É sobretudo um final inspirador, em que mais uma vez o espírito humano triunfa e conquista todas as adversidades.

É um anime que recomendo vivamente, pelo argumento e pela arte.

探索 PESQUISAR

MAIS COMENTADOS

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

DÁ 1 LIKE NA PÁGINA!

VISITA OS OUTROS BLOGS

Neuroses