Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Nijikon

アジアの強迫観念 | 아시아 강박 관념

19
Jun18

SLICE OF LIFE MUITO MAL SERVIDA!

著者 PUBLICADO POR Neurótika Webb

Nana-Poster-Anime-Art-Silk-Posters-Wall-Decor-Prin

 

Ohayou! お早う!

Este é basicamente mais um daqueles posts que só meia dúzia de pessoas vão ler, talvez a Isa (e a sua cara metade, que são os únicos por aqui que partilham as minhas dores). 

 

Para quem ainda não percebeu, tenho uns quantos vícios na vida (o único que faz mal à saúde é fumar) outro é anime (sim, são desenhos animados, e depois?!). Tenho uma subscrição de um canal web e uma watch list que tem 3 páginas e que vai crescendo todos os dias, culpa do My Anime List!

 

Como se não bastasse o My Anime List, depois de uma conversa animada com a Isa e o "Gajo da Isa", como ele se auto-intitula, a coisa ainda ficou pior. Deram-me mais umas dicazitas e a dita lista ainda ficou maior! Vi o Shokugeki no Soma de rajada, já estou na nova temporada, semanalmente à espera de novos episódios, juntamente com o Tokyo Ghoul Re:, que me está a enervar, e o Darling in the Franxx, que parece que levei com um balde de água fria depois deste último episódio (ou seja, este plot twist foi um bocadinho meh! e eu que estava a gostar tanto daquilo).

 

Sou uma rapariga que gosta mais de pancadaria e gore (litros e litros de sangue, tipo o 1º episódio do Elfen Lied, fiquei logo apaixonada pela moça a arrancar cabeças a torto e a direito). Mas fiquei um bocadito curiosa como que a Isa disse...essa coisa do Slice of Life, confesso que nunca me tinha dado para aí.

 

Vai daí fui ao My Anime List ver quais os melhores e, pelos comentários, decidi-me pelo Nana. 

 

Foram 47 episódios de ansiedade e depressão pura e dura. Tive flash backs, apeteceu-me gritar, ir pró Facebook à procura do pessoal do meu grupo da faculdade...porque aquilo lembrou-me tudo os meus 20 anos, em versão músicos em vez de artes. Resumindo, sofri que nem uma condenada e tive saudades de toda a gente de quem me separei há 20 anos.

 

Mas adiante. Depois de 47 episódios, que valem a pena nem que seja só pela arte e pela música (da Anna Tsuchiya), eis que levo com o pior final de sempre! Não é mau, é pra lá de mau! Eleva ao expoente máximo a expressão "acabou com a galinha no meio da estrada!" Não sabemos o que aconteceu a uma das personagens principais. Estão apenas 4 no final, todos os outros desaparecem e ficamos com aquela sensação de insatisfação e de partir tudo depois de termos sofrido tanto.

 

Fui desesperadamente para o Google, para ver se a série de Manga tinha acabado da mesma maneira, mas aparentemente a série foi interrompida porque os autores ficaram doentes. Fica-se a saber mais qualquer coisinha, mas toda a gente se queixa do mesmo.

 

A história é mais ou menos esta: duas raparigas encontram-se no comboio bala em direcção a Tokyo, uma vai atrás do namorado e a outra quer seguir uma carreira profissional na música. Coincidência das coincidências, chamam-se as duas Nana, e acabam por partilhar uma casa. Não vou aqui agora estar a resumir a coisa toda, mas a história gira em torno de 2 bandas rivais e a outra Nana que é basicamente uma cabecinha de vento que se apaixona por tudo e por nada e que tem o sonho de casar e se tornar uma dona de casa (não percebo!). Aparentemente, pelos comentários que li, ninguém achou estranha a relação entre a Layla, de 23 anos, e o Shin, de 15 anos (impressão minha ou é pedofilia?), ou o facto de todas as personagens terem uma obsessão doentia pela Nana (a cabecinha de vento, mas que me fez chorar que nem uma madalena, a estúpida!). 

 

Resumindo, são só personagens traumatizadas, andei deprimida uma semana e nem sei como é que não cortei os pulsos. E no fim, levei com um final daqueles que só me apetecia partir o computador...mas não parti porque isto foi caro comó raio!

 

 

探索 PESQUISAR

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

DÁ 1 LIKE NA PÁGINA!

VISITA OS OUTROS BLOGS

Neuroses